Como se apaixonar por alguém

Foi um erro ?

2020.09.18 00:35 Baron009 Foi um erro ?

Cara, tenho 17 anos de idade, estou estudando para entrar em uma boa universidade federal em um curso que eu amo e etc... mas eu acho que eu poderia ter algo mais e este algo mais é o amor ou não !. De fato, até o mês passado eu vivia pensando se algum dia eu iria encontrar alguém bacana para sla ao menos ficar, mas este tipo de pensamento estava me consumindo de uma forma muito grande (chorava todos os dias, me causava um vazio imenso e me travava de certa forma) até que chegou um dia que eu não aguentava mais sofrer por não ter ninguém em minha vida e resolvi (não sei como eu fiz) que daquele em dia em diante não iria mais me apaixonar. Gostaria de saber se na opinião de vocês eu tomei uma decisão muito precipitada (Considerando claro que eu tenho 17 anos e tenho muito a viver) ou foi uma boa decisão ?
submitted by Baron009 to desabafos [link] [comments]


2020.09.15 04:06 Accomplished-Twist-2 Muita gente parece não entender quem não sente vontade de transar.

SENTA QUE LÁ VEM TEXTÃO
Eu me acostumei a falar pra mim mesma que sou assexual porque acho que é a impressão mais precisa que eu consigo passar de "não quero transar, obg" sem dissertar. Num nível profundo acho essa coisa de orientação sexual meio babaca que o que existe são sentimentos e sensações e estúpido se rotular por uma questão identitária mas enfim tem essas coisas até hoje no mundo, fazer oq enfim
Daí rolam uns desconfortos tipo:
Quero deixar bem claro aqui que minha sensação pessoal - não vou dizer "ser assexual" porque não é um termo que eu reivindico e tal - não tem a ver com nada disso. Tem a ver com: eu não quero - nem nunca quis - transar. É só isso. Eu não descobri a coisa da atração sexual por um ser humano magicamente na puberdade e sempre fui lerda e desajeitada nessas situações, quando os amigos falavam em atração não entendia, não registrava porque não sentia. Então, não sei se o ovo ou a galinha veio primeiro, só sei que foi assim e tá tudo bem por mim.
Porém, isso nunca me impediu de:
Em resumo, não me impede de nada? Não vou dizer que eu vejo pornografia mas é menos pelo desinteresse em si - que é real, mas também sou desinteressada em youtuber e acabo vendo uns - do que pelo mesmo motivo que não fumo nem bebo, "isso aqui é uma indústria podre que faz as pessoas terem problemas, viciar e gastar dinheiro, parece ruim dispenso". Da mesma forma que nem todo mundo que é hetero gosta de cerveja e fut cos manos e nem todo mundo que é gay gosta de divas pop e corta cabelo sabe? Cada um é cada um e tal
... mas leio literatura erótica pq enfim né.
Às vezes acho que sou assim porque sou mais realista que a média das pessoas - quando eu penso em gente transando penso antes em DST, gravidez indesejada e desentalar coisas no pronto socorro do que nOiTeS dE aMoR dE FiLmE UuH pAixÃO - e até me questiono - tipo, "você tá feliz que aquele cara bonito gostou de você, tem certeza?" - mas sei lá, tentar mudar pra mim é forçado sabe? E demorou para eu ver isso sem noia, só um "bom, nunca quis procriar msm, born this way" e tal.
Novamente, não é um treco que eu reivindico, bato no peito ace pride e tal mas hj minimamente quando um cara se aproxima eu tenho um termo para explicar que existo e ele não sugerir que eu só tenho que fazer uma terapia. Agora, o que me deixa P é que a média do brasileiro é assim: misógino até com a própria mãe, fala que "até pegaria fulano de tão lindo mas sou hetero", broxa frequentemente e vem com "você é assexual porque não me conhecia".
Tem CERTEZA que quem precisa de análise sou eu?
Eu já cheguei no ponto que eu precisava nesse assunto, que era o ponto do autoconhecimento a ponto de não me machucar e nem machucar ninguém por falta dele. E tipo, tô bem, e acho que se você se sente assim também não precisa forçar sabe? Vamos ser felizes, vamos não ter medo do julgamento social de que ou você é heterão ou é perdedor. Enfim, virou textão, devia postar isso no Medium pra ver se ganhava uns cents mas nem isso. Tô desabafando aqui só pra saberem que é, gente sem interesse em relações sexuais existe e nem por isso é casta nem é evangélica etc. Eu sou tipo "tô aberta, vai que, quem sabe né" mas não aconteceu até hoje e não tá com cara de que vai acontecer um dia, mas também não quero ser a pessoa que engana as outras e dá falsas expectativas, então é isso. É minha "orientação" secretamente de certa forma. Então, acho que gostaria que as pessoas em geral pensassem mais assim. Ok, tem gente hetero, homo bi ... e tem gente ace e tudo bem (:
... não vou negar que tem um lado divertido, tipo o fato de que se juntasse todo mundo que eu já conheci em uma sala pra discutir minha orientação sexual ia ser cômico. Mas se não sentir atração fosse considerado comum, nem teria discussão.
submitted by Accomplished-Twist-2 to desabafos [link] [comments]


2020.09.08 22:42 __katyusha__ Estou apaixonado e desconfiante.

Bom tarde a todos, apenas para adicionar a historia tenho 14 anos faço 15 mês que vem e ultimamente eu levei uma amiga pra sair e aconteceu o que eu não queria que era me apaixonar por ela, não por ela ser feia muito pelo contrario ela é muito fofa muito linda fico ate sequelado quando to perto dela mas eu não queria primeiro por ela ser minha amiga e segundo por ela ser difícil, ela é lerda, os amigos delas são todos garotos e principalmente ela tem um webnamoro :o sobre o web namoro dela eu conheço muito mas sei que ele mora a 3 estados de distância daqui (no caso de sp para Brasília) eles se viram apenas uma vez em um evento ano passado e no final do ano passado eles terminaram e voltaram no começo desse ano, ela é uma pessoa triste e isso não quer dizer que o namorado dela seja alguém ruim porem é estranho o como ela expõe os problemas dela na internet sendo que ela tem alguém pra contar isso. ela e eu somos bastante opostos temos ideias iguais mas gostos totalmente opostos o que me dificulta mais ainda, eu não sei como desenvolver uma conversa, ela também não é fica naquela situação sem graça. bom pra resumir eu não sei se eu devo tentar pois eu quero e acho que eu posso fazer ela muito feliz que pelo que eu percebo o que ela quer é alguém que a faça feliz mas ela não demonstra sentimentos então eu não sei se ela ta gostando de algo ou se eu estou sendo inconveniente. ou se eu não devia tentar pois ela já namora enfim tudo isso esta me deixando confuso e preocupado quem já passou por isso poderia me ajudar pois ainda sou muito novo e não sei o que fazer em uma situação dessas.
submitted by __katyusha__ to desabafos [link] [comments]


2020.08.29 20:27 Yanuda543 Estes posts sobre paixões e relacionamentos está me cansando

Não me levem a mal, podem até dar down vote, mas ultimamente estão aparecendo muitos posts sobre paixões e relacionamentos, e como a vida deles acabará por nunca terem encontrado alguém especial na vida ou não serem correspondidos pelo crush e isso está me cansando.
Não os julgo, antigamente eu pensava justamente o mesmo. Quando tinha 15/17 anos eu só pensava na minha crush, vivia deprimido e não saia de casa, achava que minha vida acabaria por nunca ter tido nenhum relacionamento.
Mas agora, passados alguns anos e depois de obter alguma experiência na vida eu entendo como era bobo e idiota meu pensamento, e como eu tenho coisas muitas mais sérias e importantes para me preocupar, e que no tempo certo, as coisas ocorrem naturalmente e tudo dará certo em questão de relacionamento. Simplesmente deixem o tempo rolar.
Por isso adolescentes meu conselho é: não dêem tanta importância aos vossos sentimentos. Vocês terão muita mas muita vida pela frente e verão que a vida é muito mais do que se apaixonar e entrar e sair de relacionamentos toxicos.
submitted by Yanuda543 to desabafos [link] [comments]


2020.08.18 01:59 EuRoddy Sou rejeitado por ser fora dos padrões

Amigos, preciso de ajuda.
Sou homem, carioca, tenho 28 anos, sou negro e gay. Embora eu seja uma pessoa normal, não tenho traços bonitos, meu rosto é coberto de cicatrizes e manchas de acne e foliculite, sou alto e desengonçado e sempre tive dificuldade em ganhar peso. Ou seja, sou feio. Talvez isso não seria um problema se minha vida não fosse tão triste...
Desde muito pequeno, sempre soube que era diferente. Embora gostasse de "coisas de menino", sempre percebi que a figura masculina me atraia muito mais que a feminina. Mas, por conta do enorme preconceito do ambiente familiar e na escola, tentei, por muitos e muitos anos, refrear qualquer tipo de sentimento homoafetivo. Sempre busquei me aproximar dos homens apenas como forma de amizade. Felizmente, pude ter alguns amigos ao longo dos ensinos fundamental, médio e superior. Apesar disso, o bullying foi uma constante na minha vida. Sempre fui humilhado, ridicularizado e até agredido fisicamente na minha infância e adolescência por ser um menino sensível, péssimo nos esportes e, sim, feio. Não bastasse a humilhação por parte dos meninos, também era rejeitado por muitas meninas. Na minha tentativa fracassada de tentar ser hétero, acumulei apenas frustrações. Conclusão: terminei o ensino médio, com 17 anos sem sequer ter beijado na boca.
Entre 2010 e início de 2012, passei um dos períodos mais solitários da minha vida. E foi nesse período que minha saúde mental piorou. Ao ter meu primeiro contato com a pornografia gay, me dei conta de que por mais que tentasse, era impossível mudar a minha natureza. Ou seja, eu era gay e teria que me conformar. Porém, logo me dei conta de que ser gay não seria fácil. Além de ter a certeza de que jamais poderia me assumir por conta da religião da minha família, me dei conta de que o meio gay tem um gosto em que não me encaixava: homens brancos, musculosos e bonitos. Exatamente o contrário do que sou.
Quando comecei a faculdade, felizmente encontrei um ambiente diferente de tudo que até então tinha experimentado. Mantendo minha sexualidade escondida, fiz amizades, fui respeitado, saí, me diverti. Porém, faltava algo. Nunca havia namorado. Sequer tinha ficado com alguém. Estava eu com 23 anos sem sequer saber o que era tocar em uma pessoa. Até que, por influencia de amigos, cometi um dos piores erros da minha vida. Tentei namorar uma amiga, a única pessoa que, até então, demonstrou abertamente ter gostado de mim como homem. Meu desespero em me sentir uma pessoa normal falou mais alto, e eu investi nesse relacionamento desde o princípio fadado ao fracasso. Foi nela em quem dei meu primeiro beijo. Mas foi só isso. Embora eu tentasse, não sentia atração sexual por ela. Por mais carinhosa que fosse, eu sabia que não era aquilo que eu queria pra mim. Mas eu não poderia dizer porque tinha vergonha e medo demais para assumir que era gay. Até que um dia, tivemos uma discussão por conta de um amigo que ela não gostava e nossa tentativa de ficada acabou poucos meses depois. Pelo menos eu saí da faculdade tendo beijado na boca. Mas ainda virgem. Aos 25 anos...
O tempo passa. Me limito a saciar minha sexualidade com pornografia e masturbação. Mas só quando dava, porque dividia o quarto com meu irmão. Em 2018 entro no mestrado. Pouco mais de um ano depois, começo a escrever minha dissertação, termino meu estágio numa boa empresa e agora tenho tempo de sobra pra ficar em casa. E foi aí que a coisa piorou mais ainda. Novamente solitário, vieram a ansiedade e os sintomas de depressão. Não tinha ânimo para nada, sentia apenas o desespero por viver uma vida de merda, sem emprego, fazendo algo que detestava, e sem nunca ter tido a oportunidade de ser quem eu realmente era. Até que, decido a finalmente viver minha sexualidade, criei uma conta em um app de encontros gay, o Grindr. Tentando ter minha primeira experiência sexual, já aos 27 anos, acabei dando de cara com outra realidade: a do preconceito no mundo gay. Sendo negro, pobre, magro e fora de qualquer ideal estético, só encontrei mais rejeição. Algumas poucas e raríssimas vezes, tive momentos de felicidade ao não ser bloqueado por alguns caras, a maioria desses apenas por causa do meu pênis, certamente a minha única qualidade reconhecida pelos gays. Por quatro meses, busquei me relacionar com alguém, sem nenhum êxito. Até que em 4 de março desse ano, tive a chance que mais queria. Perder a virgindade. Mas o que parecia bom, foi na verdade uma das piores sensações da minha vida. Ao chegar na casa do rapaz, que morava a uns 500m da minha casa, me foi dado apenas o direito de fazer sexo oral e receber o esperma dele. Migalhando um pouco de prazer, me arrisquei fazendo sexo sem camisinha com um cara que nunca tinha visto na vida. Não rolou beijo, não rolou conversa, não rolou carinho. Apenas tive 10 minutos de sexo e fui pra casa. Uma semana depois, conheci outro cara, de 38 anos, lindo. Definitivamente a melhor coisa que poderia acontecer. Quando nos encontramos, ele pegou na minha mão, conversou comigo e me deixou à vontade. E transamos. Ou melhor, tentamos. Dessa vez, a minha total inexperiência me brochou. Ele gozou, eu não. Aliás, também não gozei na minha primeira transa. Perguntei a esse cara se eu o tinha decepcionado, ele disse que não, que deu errado pelo nervosismo. Acreditei nisso. Até que um dia, ele me chamou para ir à casa dele, à noite. Por medo de dar errado de novo, e pra não gerar desconfiança em casa, não fui. E o cara que eu achei compreensivo, e o primeiro homem que beijei, aos 27 anos, passou a me ignorar. Semana passada, tive uma das piores crises de ansiedade que já senti. Chorei de domingo a sexta. Tentando me aproximar dele de novo, pedi sua ajuda. Disse que estava me sentindo mal. Perguntei a ele se ele tinha me achado realmente atraente, se ele sentiu tesão em mim. Ele disse que iria responder, que estava digitando e que mandaria a resposta quando pudesse. Até agora nenhuma resposta. Me senti rejeitado de novo. Mas nada está ruim que não possa piorar...
Continuando minha busca por viver minha sexualidade, encontro cada vez mais nãos. Quando inicio uma conversa enfiando foto, sou bloqueado. E nas situações em que a conversa passa do oi, todo interesse do outro lado acaba quando mostro meu rosto e meu corpo. Cada vez mais minha autoestima diminui. Me sinto um lixo. Desde janeiro faço academia, já ganhei peso (embora ainda magro), tenho cuidado da pele do rosto e já até adotei um penteado mais moderno, mas tudo que eu tento fazer para ser alguém atraente de nada adianta. Sou preterido por ser fora dos padrões. Me sinto feliz por saber que ao menos uma vez pude beijar e me relacionar com alguém. Mas a certeza de que dificilmente irei encontrar alguém com quem possa dividir bons momentos me entristece demais. Aos 28 anos, nunca namorei. Nunca soube o que é me apaixonar. Não sei o que é sair com um namorado. Não sei o que é ser amado. E por mais que eu tente ser bom nas outras áreas da minha, a solidão é dolorosa demais. Sinto vontade de morrer. Minha comunidade me rejeita.
Sou infeliz.
submitted by EuRoddy to desabafos [link] [comments]


2020.08.13 17:43 Colccinho03 Passei por um momento difícil.

Passei por um momento difícil.
Então gurizada, preciso de uma ajuda, e melhor ainda se for uma opinião de uma pessoa que já tenha passado por isso ou algo parecido.
Então, sempre fui um cara feliz, sempre brincando com todo mundo, sempre levei a família como base da minha vida e amava eles demais, aquele amor reconfortante, que nos traz alegria, vitalidade e orgulho, e dia 5 de janeiro comecei a namorar, com a pessoa que eu amava a 5 anos e sempre quis estar junto mas por ser muito novo e achar que tinha que aproveitar um pouco mais nos não ficamos juntos, então dia 5 de janeiro desse ano começamos a namorar, me senti o cara mais feliz do mundo, sempre fui um cara que ficava feliz só com o sol entrando na janela e saber que dava pra jogar futebol, sempre sonhei em ser policial e tinha uma perspectiva e um ânimo enorme, só que dia 27 de janeiro briguei com meus pais por causa do meu namoro, e depois fiquei indiferente pra minha namorada, comecei a não ter aquele ânimo de ir ver ela, tipo como se tivesse desgostado sabe? Mas não tinha motivo pra isso porque era tudo perfeito, mas aí comecei a ficar com a visão embaçada, pensamento acelerado, aperto no peito e no braço esquerdo, comecei a chorar e tentava me apaixonar todos os dias, assim que comecei a tomar ansiolítico comecei a ficar melhor, porém depois comecei a perceber que eu estava indiferente pras coisas, não tinha mais nenhuma emoção, meus sonhos não me traziam ânimo nem vontade, sinto que não tô conectado a ninguém da minha família, nada do que eu gostava antes eu tô gostando agora, eu simplesmente tô existindo e sinto uma angústia no coração e perto da clavícula, minha memória tá ruim, tenho pesadelos e não consigo ter medo, só tomo uns sustos, tô vazio e sem nenhuma emoção.
É algo que tá me corroendo, não ter vontade de nada, não sinto prazer, nunca fui assim, já li na internet diversas coisas, e pelo que diz lá, tenho 10000 problemas diferentes, por favor, se alguém puder me ajudar e me aconselhar, por favor!!
submitted by Colccinho03 to brasilivre [link] [comments]


2020.08.11 19:14 GILLLLLLLLLLL mandei um texto falando sobre o que passo com ansiedade e depressão no grupo da família e “me assumi” para eles

eai turma, já adianto que não é meme nem história engraçada
digamos q é a história da minha vida, vou mostrar pra vcs um texto pessoal para um caramba que mandei no grupo da família pois cansei de certas atitudes dos mesmos
desabafei (sobre minha ansiedade e depressão) e logo depois sai do grupo mas depois peguei o celular da minha mãe e mandei mais um texto “assumindo” (não gosto muito desse termo) minha sexualidade que sempre é comentada nas reuniões de família, pra eu poder encerrar tudo isso de uma vezmeu objetivo aqui é dizer que quem passa por isso não está sozinho, vai no seu tempo e na hora certa tudo vai se encaixar
eu adoro essa comunidade e adoro o luba por isso decidi deixar registrado aqui
muita paz e luz pra vocês
*texto 1*
Boa noite! Vou sair do grupo e vou explicar o motivo pra ninguém ter dúvidas. Nos últimos dois anos, estou passando por vários e vários momentos difíceis. Crises de ansiedade, remédio pra cá remédio pra lá e a nossa temida depressão. Não gosto de falar que tenho depressão pois muitos pensam que é só pra chamar atenção, mas já fui ao médico e fui diagnosticado com ansiedade e depressão ano passado e pra que não sabe tomo remédios pra melhorar desde então. “Nossa mas um jovem como você, com a vida toda pela frente, nem tem motivo pra ficar assim, você nem trabalha, só tem que estudar, tem a vida muito mais ‘fácil’ do que todos os seus irmãos já tiveram” etc, eu entendo o lado de quem pensa assim e eu gostaria muito de entender porque me sinto desse jeito. Estou fazendo o meu melhor pra me sentir bem e seguir minha vida, a mãe sabe disso apesar de não comentar com vocês essa parte. Tá mas o que isso tem haver com o grupo? Bom depois de pensar muito e analisar várias coisas sobre pedagogia, inclusive os casos de depressão da nossa família, soube que a maioria dos ‘gatilhos’ ou motivos de eu estar assim vem da família, ou seja várias pessoas da minha própria família tiveram atitudes que não me fizeram bem ao longo dos meus quase 18 anos. Enfim, após esse domingo decidi que não quero mais me relacionar com essas pessoas, pessoas que me fazem mal, pessoas tóxicas, pessoas que só sabem criticar e não ajudar, decidi cortar essas pessoas da minha vida para minha própria recuperação e para meu bem estar. Não é todo mundo da família que é assim, amo muitos de vocês daqui, alguns sempre me trataram muito bem, tentaram me ajudar e eu agradeço por isso, de verdade, alias estou morrendo de saudade dessas pessoas. Mas infelizmente pelo ato de alguns tenho que fazer isso. Sei que não falo muito no grupo, nem interajo muito também e esse é um dos motivos pra isso. Provavelmente não farei falta aqui mas senti que precisava tirar esse peso das minhas costas. Espero não estar estragando o domingo de ninguém, não é essa minha intenção. Minha intenção é informar aqueles que se importam da minha saída. Estarei sempre disponível pra conversa caso alguém queira, seja pra resolver problemas ou só pra saber como cada um está, aliás conversa é a chave pra tudo.
*texto 2*
oi galera sou eu de novo (gilberto) e só queria falar de um assunto que também é muito comentado sobre mim, já que falei o que estava sentindo
“ah o gilberto é gay ou é homem” e essas coisas
se a minha sexualidade é tão importante pra vocês e tão comentada nas reuniões de família então que saibam que eu sou bissexual, eu gosto de mulheres e homens
significa que se eu me apaixonar por uma mulher eu vou namorar com ela e se eu me apaixonar por um homem eu vou namorar com ele
não, não é fase, não é fogo, não é a idade, esse sou eu, aceite quem quer
aliás não precisam entender só precisam respeitar
não fiz nem faço mal a ninguém por isso e nem vou
nem tentem me mudar, nem tentem falar que é doença porque já estou cansado de ouvir isso
mais uma vez esse sou eu e sempre vou ser
sempre gostei dos dois desde pequeno então quem tem que saber disso sou eu
não me importa se na sua época tinha ou não, ou se tenho que ficar escondido ou sei lá o que pensam
isso não vai afetar em nada em mim, não vai afetar em arrumar emprego, em ter amigos, em ser feliz
quem o filho gosta ou deixa de gostar ou se atrai NUNCA deveria ser um problema pois ninguém muda por isso
eu sou simplesmente o beto que todos conhecem desde pequeno e não vou mudar por nada
vou tentar sempre ser aquele menino cantante e alegre que eu era
obrigado a quem me apoia e entende ou simplesmente respeita sem entender
obrigado também a quem mandou mensagem, se temos problemas vamos resolver pois a vida é curta e a gente não deve ficar perdendo tempo com coisas bobas
mais uma vez obrigado e boa noite

*final: a reação dos que me mandaram mensagem no pv foi melhor do que imaginei, sei que alguns não concordam com o que falei mas pelo menos o pessoal da familia que eu amo me apoia.
submitted by GILLLLLLLLLLL to TurmaFeira [link] [comments]


2020.08.10 16:10 AluqahWine O medo da rejeição e o desespero pela aceitação

Há umas pessoas que aparecem na nossa vida... E que, por mais que o tempo avance, jamais vamos nos esquecer... Acredito que é assim, porque, com elas, era permitido ser verdadeiro, viver, e ser ainda melhor.
Tenho medo, no entanto, de ser motivo de escárnio ao demonstrar qualquer forma de interesse depois de tanto tempo... Ele era tão bonito, inteligente e gentil, que eu tinha medo de não ser o bastante (o que é recorrente para mim, ao me apaixonar pelo outro). Não é um sentimento agradável não ser aceito pela pessoa pela qual você é fascinado.
Não me refiro a apenas 1 alguém... Sempre hesito em agir, quando o ato vai de encontro ao ser humano que me desperta grande admiração, e isso tem virado um problema maior do que gostaria de falar aqui.
Além disso, a busca por aceitação é doentia. É só entrar em redes sociais mais populares para ver... Passei muito tempo sem usá-las por isso. Mas, quando você se vê sozinho e magoado (como a quarentena tem acentuado), a dor é insuportável, e os resultados dos seus atos direcionados a parar o sofrimento não são realmente efetivos, pois te levam a caminhos que, definitivamente, não refletem quem você é de verdade. Eles te mancham, no fundo.
Tenho vergonha de mim por ter cedido a anestesias, ilusões, fugas completas da realidade. Fui humilhado por mim mesmo, ao me expor de maneira indecente na internet. Como posso me confortar com o elogio de completos estranhos, ao invés ser coerente com quem sou genuinamente, e buscar pelas pessoas das quais gosto de fato?
Vejo, então, que não é a verdade que importa aqui, no meu cérebro. O medo de encarar o que é real se enraizou, e tão rápido como um pensamento ele me cega.
Muito obrigado, se você leu até aqui ❤️
submitted by AluqahWine to desabafos [link] [comments]


2020.08.08 15:22 moonlich A origem dos conflitos raciais contemporâneos

Deixando de lado todo aquele papo de escravidão e tráfico negreiro, vamos estudar as relações de nossa era.
Muitos já devem ter ouvido a triste história do garoto negro e pobre de favela cujo o pai era motorista de ônibus e via os seus coleguinhas, filhos de traficantes, ficando ricos, saindo com as menininhas e esnobando. Esta é a típica versão do high school onde o protagonista ascende à posição de um maloqueiro por começar a roubar já que não via o pai enriquecer e sua vida ruindo.
O problema, é que esta vida materialista afasta as pessoas umas das outras pois um ladrão começa a se identificar com a essência dos objetos e no fim das contas, ele acaba esquecendo a garota por conta da vida boa. Sim, isto era uma história de amor.
Este e muitos casos de egocentrismo, que culmina em alcoolismo e traições, são refletidas em várias castas e bairros das cidades e o quê podemos fazer sobre isto?
Trouxemos aqui o professor Windfrey Petrekins da Universidade da Cochinchina para falar sobre o tema:
Olha, primeiramente muito bom dia.
Não dá pra fazer nada. Cê vai passar mó raiva, cê vai ouvir altas asneiras, vai dar vontade de praticar atos de autodestruição e falar bobeira pra quem você queria do seu lado. Quando você não tem em suas mãos a possibilidade de comprar e viajar, toda hora parece que o mundo está contra você. E quando você fica mais velho, não dá pra contar com muitas pessoas porque as pessoas não gostam de velhos. Tem que ter paciência e todos estes sonhos são alcançados quando se está mais velho, logo o quê uma pessoa poderia fazer é decidir que quer sossegar. Vai ser meio chato porque quem te conheceu quando você é novo, vai achar que você continua indo pra farra gastar sua grana. E como se sabe, o poder da memória e do pensamento persiste enquanto não for contraditado mas o problema é que quem tem o seu poder, está longe pois todas as tolices que dizíamos quando éramos jovens, sejam por palavras ou nos chats, são carregadas de nossa energia vital. Olhando por um ponto de vista positivo, a pessoa que recebe seu poder faz dele um meio de sobrevivência que não é crucial para ela mas é um símbolo de confiança. Até porque, se ela não quisesse, xingar-te-ia no momento em que você disse.
E o quê você acha que faz as pessoas aceitarem tanta asneira diariamente, professor?
Olha, por fora, a pessoa é forte e bonita mas o ser humano é uma criatura biológica e que envelhece. Sabendo disto, tem momentos de fraqueza constantes e por isto ouve e se submete à várias humilhações. Humilhações estas se estamos comparando o indivíduo com o estado da arte da evolução humana que seria uma máquina ou um deus. Quem se destaca nisto tudo é quem resiste mais pois como eu disse anteriormente, mesmo que a pessoa não diga na hora, ela pode não resistir e contar para uma terceira, descontar em objetos e até transformar esta carga em trabalho. É por isto que é importante conversar mas o quê fazem depois de adquirir a energia social continua sendo um problema. Mesmo uma pessoa que não conversa diretamente com outra mas ouve um diálogo também recebe esta energia.
Que legal, professor Windfrey! O quê o senhor pode nos dizer de pessoas que dizem muitos palavrões?
Hahaha esta é muito divertida ! Então, todo mundo já ouviu um palavrão. Mas tem um pouco a ver com o sexo. Normalmente, ninguém espera que uma pessoa bem aparentada esculache soltando pérolas imundas isto porque, entende-se que alguém bem aparentado estudou e aprendeu bons modos e que mesmo não tendo convívio com ela, ela usa palavras mais rebuscadas diariamente. Isto explica brigas de casais, garotinhas com raiva, homens sozinhos todos falando o quê não se espera deles. A esperança aqui é que tenhamos visto estas cenas em um momento único da pessoa e que ela normalmente não diz isto mas isto é se iludir para manter a imagem viva da pessoa divina que você tem. Sabemos que comprar e assistir televisão são formas de mentir para si mesmo pois a pessoa só é ela mesmo em momentos de explosão emocional, quando está sentando em uma privada, quando come e dorme. Resumindo e respondendo aos seus olhos, sim. Você deve se apaixonar pelos erros da pessoa caso queira ficar mais tempo com alguém.
Nossa, gente! O professor Petrekins sabe de tudo mesmo, né? Quantos mols de água tem no chuveiro?
6,02x10³³³³
Que horas são?
Tá na hora de puxar sua cueca pela bunda
Qual é o melhor: este ou este?
Nenhum dos dois, é aquele.
Fim de jogo, ponto pro time da casa.
submitted by moonlich to u/moonlich [link] [comments]


2020.07.22 00:34 browndusky alguém se por favor pode me ajudar corrigir minha gramatica numa tese que fiz?

não sou português mas português foi umas das disciplinas que escolhi em universidade.
Eu falo bem português mas meu português escrito é totalmente lixo.(sei que não é muito professional com todas as palavras vulgares mas ya isto era eu a usar tudo que eu sei)
obg para me ajuderem!


“Colora minha vida com o caos de problemas” esta é uma linha duma canção de Smith que esta menina usou como uma citação no anuário em um filme sentimental de 2011, eu achei fixe esta citação, e por isso escrevi no meu caderno de rascunho e sonhei um dia alguém vindo pra minha vida e colorir-o com caos de problemas.
Eu sempre senti assim, sempre senti que preciso algo mais, a coisa comigo é que nunca me sinto satisfeito com que tenho.
E como muitos outros da minha idade, tentei preencher o vazio com atenção, drogas, animes e especialmente com o amor.
Eu faço parte daquela geração Nepalesa que assiste “3 idiots” e ouve canções românticas do McFlo e pense que não consegue ser feliz sem se apaixonar. Sabes de quem eu estou a falar sobre, aqueles rapazes que têm um exterior áspero mas no fundo eles têm um lado macio basicamente somos tsundere.
Fds nem fiquei triste depois de terminar com minha ex. Eu fiquei tipo olhe mais uma experiência, da próxima vez que eu estiver a namorar não vou cometer os mesmos erros.
Já terminei 3 vezes mas ainda não me sinto triste porque é fixe ter emoções.
A minha esposa podia me trair, levar metade dos meus bens, meu cão e meu filho Ramesh e eu vou ficar sem teto a pensar WHOA emoções são fixes.
Apaixonamento é uma treta que gente inventaram porque ficaram entediados.
“Colora minha vida com o caos de problemas” mas-mas porquê? Es estúpido?
Porque é que vocês querem alguém para foder a sua vida artisticamente?
Deve ser porque gostamos de altos e baixos do amor. Gostamos da montanha russa de emoções que o amor dá e sentimos vivos.
Amor é como bebidas alcoólicas ou bater punheta. Sentimos bem quando fazemos, mas depois de acabar fazer ou consumir nos arrependemos.
Se vocês não me acreditam, há centenas dos estudos detalhando como euforia do amor provoca a mesma sensação no cérebro como cocaine, seus viciados.
Nenhuma outra espécies faz isso coisinha de apaixonar. Os macacos não estão sentados na cama a pensar se é muito pegajoso mandar mensagem para aquela macaco com cú grande. Os macacos não precisam de pensar qual vestido é melhor para o encontro ou se preocupar com o cheiro, eles só fodem. É incrível, eles poderiam a estar comer banana um momento ou matando insetos e boom começam a foder. Eles não se dão mínimo se alguém está a ver ou tirar fotografias. Nós complicamos demais, porque é que é eu preciso de vestir bem e usar perfume e ela tem que dizer ela não costuma fazer isto.
Apaixonar-se não faz qualquer sentido biologicamente é uma nova emoção humana baseado completamente em egoísmo, ciumento e a insegurança.
Vocês malucos decidiram que amor significa pelo lei ficaremos juntos para sempre e se não o fizermos, leva metade do meu dinheiro. MAS PORQUÊ?
Não sou de coração frio porque acredito que amor é real. É algo que compartilhamos com nossa família, nossos amigos, nossos animais de estimação e com o mundo.
O amor torna-se para uma emoção possessiva especificamente humana quando vocês falam de encontrar aquela menina . “QUANDO OLHEI PARA OLHOS DELAS EU SABIA QUE EU IA PASSAR RESTO DA MINHA VIDA COM ELA”
A serio? Eu acho que há algo mal com tua cabeça mano.
Cair de cabeça totalmente cega numa relação é igual á tu projetar tuas inseguranças em outra pessoa. Não estás feliz com tua vida por isso começas a procurar isso em outra pessoa, e isto é insustentável, irreal e perigoso. Talvez não tens amigos, não gostas do teu trabalho, não gostas de ti mesmo ou talvez a tua mãe não te abraçou suficiente quando eras criança. E agora quando encontras uma gaja fixe que ri das tuas piadas, tu agarras nela como uma sanguessuga e tornas-te uma psicopata se ela até olha para alguém.
Isto é porque o amor é tão viciante quanto uma droga, os únicos dois tipos de pessoas que cortaria seus pneus e ameaçaria suicídio é uma viciante de drogas e uma puta louca chamada Verónica(karen).
Mas talvez eu sou sozinho e amargo porque tentei me se apaixonar mas nunca funcionou para mim.
Eu tenho certeza que acontece isto com toda gente.
Achas que gostas uma gaja mas depois de bater a punheta já não é o caso. Percebes que não estavas a pensar com a cabeça certa(é chamado post nut syndrome em ingles).
Agora estou no ponto em que estou aberto à idéia de amor, mas eu não consigo manter conversas com minas da minha idade, elas parecem a viver a vida em Instagram e acho que isto é um chatice. Como vocês não se cansam de usar o instagram depois de uma semana ou um mês? È realmente incrível.
Quando estão a falar de maquiagem, roupas e exes, pá não dou mínimo, a sério não dou mínimo.
Eu percebo que quando falo que não dou mínimo, estou a ser ignorante porque as pessoas se apaixonam alegremente e isso faz eles felizes, pá sou quero o mesmo sentimento, embora que eu saiba que o amor é basicamente cocaine para minha coração.
Eu acho que estou apenas amarga a ver todas essas pessoas juntos alegremente a fazer promessas que provavelmente não vão manter. Parece divertido não parece?
Romance é uma venda fácil. Todos nós gostamos quando o protagonista acaba junto com a menina e ambos ficam felizes para sempre. Gostamos de ver o final feliz. Gostamos de acreditar em "felizes para sempre".
Mas o amor romântico e o amor em geral é muito mais complicado do que fomos levados a acreditar nos filmes de Hollywood.
Não ouvimos que o amor às vezes seja desagradável ou até doloroso, ou que o amor precisa autodisciplina e uma certa quantidade de esforço sustentado ao longo de anos, décadas e uma vida inteira. Essas verdades não são emocionantes. Nem eles vendem bem. A dolorosa verdade do amor é que o verdadeiro trabalho de um relacionamento começa depois que a cortina se fecha e os créditos rolam.
Como a maioria das coisas na mídia, o retrato do amor na cultura pop é limitado ao destaque. Todas as complexidades da vida real em um relacionamento são varridas para dar lugar a títulos emocionantes, a separação injusta e, claro, o final feliz favorito de todos.
Quando somos apaixonados, não podemos imaginar que algo possa dar errado entre nós e nosso parceiro. Não conseguimos ver falhas delas , tudo o que vemos é potencial e possibilidade ilimitados.
Isto não é amor. Isso claramente é uma ilusão. E, como a maioria das ilusões, as coisas não terminam bem.
Eu acho que eu gosto de ideia de amor mas não tenho paciência nem quero comprometer minha liberdade para ela. Eu gosto quando estou o centro da atenção e não gosto quando sou eu que precisa de dar atenção. Sempre que estive num relacionamento a princípio, fico empolgado; mas depois de algum tempo, perco toda a paciência e a interessa.
Eu gosto de ideia de amor e é basicamente que este filme 500 days of summer satirizou.
Eu gosto como este filme criticou o conceito de amor.
A personagem principal decidiu que a menina Summer era sua alma gémea, porque eles ambos gostam da mesma música. Ele cresceu vendo filmes românticos com um fim clássico. E por isso ele pintou uma imagem na cabeça que a Summer era criada para ficar junto com ele mas não é realmente o caso no fim deste filme. O amor verdadeiro precisa de paciência, compromisso e atenção e isto parece búe complicado pá. Em vez disso eu prefiro ver porno e bater a punheta.
submitted by browndusky to portugueses [link] [comments]


2020.07.21 10:03 DeusaGrega00 Eu sou babaca por não assumir uma pessoa que diz me amar?

Arroi Luba, gatas, papelões e todos que estão a ver. Tudo começou quando eu comecei a conversar com um garoto, depois de uma semana ele alegou que já nutria um sentimento muito forte por mim, e eu fiquei muito indecisa do que fazer (logo eu que sou insensível a essas coisas). Eu sem escolhas, dei uma chance pra ele fazer-me apaixonar por ele, até que deu certo. Depois de um mês ficando e conhecendo ele, acabei pedindo o em namoro (ato que eu fiz impulsamente), e depois de 1 semana eu terminei (pq eu me sentia presa numa bolha existencial). Consequentemente, ele sofreu muito com a minha decisão e eu culpada fui tentar concertar meus erros. depois de umas 3/4 semanas tudo já estava certo, voltamos a ficar pois eu não queria vê-lo mal sem mim (ele criou uma dependência a mim, algo que pra mim é muito ruim), pedi para que fôssemos “amigos coloridos” (aquela amizade que você fica com alguém mas é na broderagem), ele acabou aceitando. Eu continuei indiferente a nossa relação, trato ela como uma amizade colorida, mas ele não, ele diz que isso que temos é algo muito além disso e que acha errado eu ficar com outras pessoas. Até então estava tudo normal, até uma social que fomos, lá eu fiquei bebada (pq eu queria esquecer que eu tinha acabado de sofrer um acidente de moto, não foi tão grave, mas eu estava em choque), acabei tendo uma crise de ansiedade enquanto o pai do dono da festa fazia um curativo no meu pé, o gatilho foi por ele ter falado que teria que dar pontos no meu pé, pois havia um buraco nele (colocaria fts dos machucados, mas não sei se dá). Eu emotiva chorei pra caramba e o garoto estava lá me consolando o tempo todo, e eu embriagada, falei muita merd*. Depois que ele foi embora eu acabei pegando a ex dele, demos um amasso na broderagem, nada muito grave. No outro dia ela contou pra ele sobre o ocorrido e ele chocado ficou muito muito muito mal, falou horrores, se culpou por várias coisas e eu sem conseguir responder ele. Acabou que todos os nossos amigos me julgaram falando que era pra reatar o namorou ou terminar tudo que temos, e é por isso que estou aqui... eu não sei o que fazer, ele me ama muito e nao queria piorar o psicológico dele. Acabei reatando o namoro que por mim é unilateral. Eu sou a babaca?
submitted by DeusaGrega00 to TurmaFeira [link] [comments]


2020.07.20 00:26 Misty_lv A que arruinou a reputação de outro

Oie minha turminha favorita, lubixco e todos q leiam esta história de Bababaca girl que vou aqui contar..

Contexto: Eu tenho uma melhor amiga, vou dar o nome de Farls, que eu considerava bastante como uma irmã (agora não considero por causa das merds que ela tem feito e por me ter enganado), e ela namorava com um rapaz aí, que vou chamar de Carls, no entanto eles acabaram, e ela começou a sair com outro rapaz aí, que vou dar o nome de Francis.

Farls e Carls namoravam fazia uns 4 anos, ou iam fazer este ano 4 anos, só que do nada Carls acabou com a Farls dizendo que não suportava mais a distância entre eles (moravam a 2 horas e meia de carro de distância), que os amigos diziam que ela o traía sempre que pudesse e outras cenas aí (ele deu desculpas atoa mesmo para justificar o término), e ela ficou muito deprimida pois ela gostava muito dele (ou pelo menos demonstrava), ela vivia postando cenas no whats depressivas tais como "minha vida é uma shit", lomotifs com músicais românticas e sads, tipo explicitamente a dizer "Tu acabou com a minha vida ao terminar comigo" e que não tava a aguentar a "depressão" (já vão entender o porquê das aspas) e como ela era uma das pessoas mais importantes na minha vida, eu tentei ajudá-la ao máximo a esquecer aquele babaca do Carls, e a incentivá-la a encontrar outra pessoa ou distrair-se de pensar nele.
Um tempo depois Carls começou a namorar outra miúda aí, só que na maior cara de pau começou a mandar mensagens à Farls a dizer o quanto tava com saudades dela e tals, que ele queria que não tivesse acontecido aquilo tudo, e outras bobeiras. Farls, tentou seguir em frente e até começou a gostar de um menino da sua escola, o Francis, eles começaram a sair e até tavam a pensar em ter um relacionamento sério (eu me sinto culpada também por ter incentivado ela a partir para outro.. mas o que eu podia fazer? ela era a minha pequena irmã), Francis era muito fofo com a Farls, e ele fazia de quase tudo para a ver feliz. Só que DO NADA, a Farls mandou-me mensagem a dizer que o Francis a tinha iludido e que não gostava dela e tals, ELA ATÉ ME MANDOU PRINTS com essas mensagens. Desde então ela dizia e vivia a postar cenas no status a dizer que ele a iludiu e que era um babaca, que a fez se apaixonar por ele e que ele apenas a tinha usado.

Mas agora vem a reviravolta da história... À uns dias, tive a falar com uma amiga em comum em chamada, porque eu tava meio triste com umas cenas, e começamos a falar sobre os exs da Farls, do quanto eu tava triste com ela, e que esperava que ela encontra-se alguém que a fizesse feliz de verdade, só que no meio disse eu mencionei o nome de Francis e seguiu-se a seguinte conversa:
Ela - O francis? Pera.. Tu não sabes a verdade?
Eu - Como assim ---?
Ela - Não foi ele que acabou com o rolo deles, foi a Farls.
Eu - Mas a Farls postou no status e disse me que tinha sido ele, ela mentiu-me? Porque raios ela fez esta [email protected] a ele?
Ela - Ela tentou enganar-me com essa história também. Mas eu conheço-a demasiado bem para saber que era mentira, o Francis era demasiado bom e dizia muitas vezes que a amava, e do nada é assim?!? Eh claro que não acreditei. Mas eu insisti bastante e ela contou-me a verdade.
Eu - Ela mentiu-me velho..
Ela - Eh.. Ela enganou todos.. Ela que o usou para tentar esquecer o Carls e fazer ciúmes nele, mas o Francis descobriu e acabou por dizer algumas dessas cenas por raiva, eu não o culpo, o rapaz foi enganado e iludido e agora teve a sua reputação arruinada só porque a Farls se fingiu a vítima da situação..
Eu - Ela mostrou-me prints e eu acreditei nela caramba, coitado velho. Eu tou me sentindo tão culpada, eu incentivei a sair com ele vei..
Ela - Não te culpes, eu também incentivei, só não esperava que ela fosse tão babaca..

Eh eu fui trouxa de acreditar e não suspeitar das cenas, mas pelo menos agora sei a verdade, e acerca de Francis, eu não sei de mais nada sobre ele, mas espero que tenha seguido adiante, tenho pena dele porque a reputação dele na escola foi arruinada por uma gaja que o iludiu e o usou, e no final se fez de vítima perante todos..

Acerca de Carls e Farls, a semana passada Carls pediu a Farls em namoro, e ela como eh aceitou, mas em menos de 1 semana ele acabou denovo com ela e começou a namorar outra gaja.
Farls agora cismou noutra "vítima" (ela mesmo o chamou assim) e eu fiquei super desconfortável com isso, porque mesmo sabendo a verdade sobre ela, eu continuo sendo um amor de pessoa com ela, e ela não sabe que eu sei da verdade, porque se soubesse ela não continuava a falar mal de Francis, e o quanto ele a magoou. Ah e acerca da tal "vítima", eles saíram na ultima quarta-feira, e correu super mal, porque a namorada do rapaz foi lá e quase bateu nela, isso se não chegou a bater, porque a Farls tava a dar muito encima do minino.

Isto tudo aconteceu em quatro meses. Eu não sei o que fazer em relação à Farls, porque eu a considerava demasiado na minha vida, e agora descobrir que fui enganada por uma das pessoas mais importantes da minha vida não foi fácil, a vontade de chorar foi muita, mas a de nojo e repulso está a ser muito mais. Não me afastei dela ainda, porque tenho medo que ela me faça algo como fez a Francis, porque carácter disso ela já demonstrou. Outras cenas que me deixam desconfortável, eh que ela posta cenas para fazer drama, só para as pessoas se preocuparem com ela e darem-lhe atenção (e ela uma vez admitiu isso) e outras cenas, que melhor eu não falar. O que devo fazer?
submitted by Misty_lv to TurmaFeira [link] [comments]


2020.07.16 16:32 BardoCaminhante Estou desenvolvendo ansiedadekkk

A alguns meses tive um caso com uma garota, a história não vem ao caso agora por ser muito longa mas resumindo, eu fiz merda, acabei não valorizando-a e ela escolheu alguém que a valorizava como ela merecia. No começo fiquei bem mal e tals, tentei resolver mas já era, só aceita nego. Pensei "ok então, vou seguir minha vida pleno", e assim fiz, arrumei outro trabalho (antes estava só como freela) atualmente estou com bastante metas de vidas que inclui alguns sonhos que tenho, ou seja, não parei minha vida por ela, bloquiei em todas redes sociais dps de um tempo pra evitar recaidas. Isso tem uns 4 meses já que fiquei sem nenhum contato com ela ou a namorada dela q era minha amiga.
Trabalho com e-commerce então pra evitar dar sono ou cair no tédio mortal fico ouvindo músicas e podcast o dia todo, estava eu ouvindo minhas música de corno e tals quando do nd vem lembrança dela, apesar de vir do nd eu nunca a tinha esquecido, sempre antes de dormir lembrava dela, no começo achei que era culpa da música mas sou eclético e os pensamentos sobre ela vem em qualquer música. Percebi que conforme os dias iam passando eu ficava ansioso quando pensava nela, coração dava uma acelrada e tals. Nunca tive problema com ansiedade e nem nada do tipo, muito pelo contrário sempre fui muito calmo e da paz.
Em um dia bêbado recuperei o número dela e desbloquei, mandei o famigerado "oi", a gente não conversou pq como tava bêbado enfiei o celular no cu e voltei a curtir só fui falar com ela no outro dia dps que acordei de ressaca. No dia seguinte sair pra beber e tals porém não cheguei a ficar bêbado como no dia anterior, tinha tomado só algumas latinhas com um amigo, estava alegre, fui pra casa jogar um lolzinho e mandei mensagem ora ela. A gente conversou bem pouco sobre como estava a vida e tals e pronto.
Depois disso não falei mais basicamente, porém essa ansiedade ao pensar nela vem bem antes disso como tinha dito, antes de eu desbloquear e trocar mensagens com ela isso já tinha começado a acontecer, atualmente pouco antes de começar a escrever esse post estava no trabalho tranquilamente ouvindo minhas músicas quando do nada vem pensamentos sobre ela, meu coração acelerou meu olho meio que travou no pensamento, tipo esqueci o que estava fazendo e fiquei olhando pra tela do pc fixadamente enquanto a mão tremia, bebi um copo d'água que sempre deixo do lado e fui pro banheiro, peguei um pouco de água no bebedouro e entrei no banheiro, sentei e fiquei olhando pro teto pensando "QUE PORRA TA ACONTECENDO KARALHO?", nunca fui de me apaixonar (esse foi um dos motivos por a gente ter se distanciado) e pensei que isso seria passageiro, que logo iria esquecer, mas a cada dia que se passa só aumenta.
Enfim, se piorar procuro um profissional pra ver se é algo sério, mas creio eu que não, só um desabafo mesmo, tenho que voltar a trabalhar agora, desculpa pelo textão e tenham um bom dia.
submitted by BardoCaminhante to desabafos [link] [comments]


2020.07.16 16:26 fobygrassman ENCONTRE COROAS CASADAS HOJE

ENCONTRE COROAS CASADAS HOJE Conheça coroas, MILF's, e Mulheres Maduras brasileiras reais em menos de 2 horas, garantido!
Como Pegar Uma Coroa no Brasil Escrito por uma coroa verdadeira casadas
Quero namorar com uma coroa casada! Como eu namoro com uma coroa? Quais são os melhores sites de namoro de coroas? MILFs e coroas são a mesma coisa?
Não sei dizer quantas vezes já ouvi esta pergunta como especialista em namoro.
Originalmente minha resposta foi simples, pesquise no google sites de namoro de coroas e se compromete com um casal que você goste.
No entanto, há um grande problema com sites de namoro de coroas que afirmam ser focado em torno de mulheres maduras, MILFs, e coroas que estão buscando um homem mais jovem (referido como um "boytoy" ou "filhote".....
Eles não funcionam! E aqui estão 4 razões para isso: Não se preocupe, eu também lhe direi a melhor maneira de garantir um encontro com uma coroa casada ;)
  1. Não há coroas suficientes para dar conta Isto sobre isso, pumas são uma das categorias mais populares de pornografia. Em 2018 foi mostrado que "milf" foi a terceira coisa mais procurada em sites pornográficos. Cada jovem tem uma fantasia de mulher mais velha, mas quantas mulheres mais velhas você acha que estão assistindo a esses vídeos?
  2. A competição é grande! Para cada 1 coroa há 10-20 homens jovens tentando chamar sua atenção. Suas caixas de entrada estão cheias de mensagens não lidas. Minha tia é uma coroa autoproclamada, ela se inscreveu para um site de namoro de coroas uma vez, depois de obter +100 mensagens em seu primeiro dia ela nunca voltou. Então, se você é um cara jovem à procura de uma coroa você vai encontrar alguma competição séria. Pegando sua atenção é quase impossível e mesmo se você conseguir não há nenhuma garantia que ela vai estar interessada.
  3. Coroas não precisam do site Como eu mencionei antes, coroas são muito procuradas. Elas podem gritar pela janela e conseguir uma fila de caras. As coroas são mais propensas a namorar ou dormir com alguém que elas conhecem pessoalmente, elas são da antiga assim. Então, boa sorte competindo com o seu piscineiro, jardineiro, ou filho de amigos enquanto você é apenas um cara da internet
  4. Você precisa estar entre 24-29 para ter uma chance Já existe uma quantidade gigantesca de competição, mas a situação piora. Se você não está entre 24-29 você está em uma desvantagem séria. Uma pesquisa recente de coroas determinou que a idade ideal para um boytoy é 26 anos e a faixa etária média que elas poderiam até mesmo CONSIDERAR está entre 24-29. Há obviamente umas exceções mas são uma porcentagem pequena de um grupo já pequeno.
Disse a verdade sobre sites de encontros de coroas, mas provavelmente ainda está perguntando; OK, eu concordo que os sites de namoro de coroas são um desperdício de tempo, mas o que eu faço em vez disso?
Bem, você está com sorte porque há um pequeno truque muitas vezes negligenciado para aqueles que procuram coroas, sites de infidelidade! Isso mesmo, sites de traição são ótimos para encontrar coroas.
Estão aqui 6 razões porque os sites de traição ganham de sites de coroas para encontrar mulheres maduras:
  1. A grande maioria das mulheres lá são casadas, o que significa que a idade média é de cerca de 37-38 anos, a idade de coroa ideal!
  2. Você está competindo com caras mais velhos Esta é uma vantagem em tantas maneiras. Em primeiro lugar, você vai se destacar de todos os outros caras devido à sua juventude e condicionamento físico. Imagine uma coroa gostosa procurando através de homens perto dela e vendo foto após foto de caras velhos, fora de forma. Homens como seus maridos, que não as satisfazem.... Aí eles vêm através de seu perfil! Você é jovem, você está em forma (especialmente em comparação), e você está confiante. As chances de ela escrever a você é muito maior do que as chances de uma MILF se quer RESPONDER a você em um site de coroa.
  3. Elas não estão à procura de relacionamentos Elas estão em um site de traiçao de casado por isso está muito implícito que elas querem discrição e um relacionamento principalmente sexual. Isto significa que além da primeira ou segunda reunião você é basicamente o seu peguete.
  4. Você pode se destacar com uma foto de perfil! Em sites de traição a maioria dos usuários não tem uma imagem de perfil público de seu rosto. O que é típico é uma foto de corpo como seu retrato público do perfil e então fotos reveladoras em sua galeria privada. Podem compartilhar e revogar o acesso a esta galeria com sua própria discrição com quem quer que elas querem. Entretanto já que você provávelmente solteiro você pode criar um perfil com uma foto pública que inclua sua cara. Isso vai fazer você se destacar 100x vezes mais. As chances são que as mensagens virão antes mesmo de você precisar se apresentar.
  5. Elas etsão solitárias e insatisfeitas com seus maridos. Elas estão em site de infidelidade porque carece atenção de seus maridos. Normalmente, o marido começa a tratá-las como mãe/esposa e já não como um ser sexual. Esta é a sua oportunidade de dizer que elas ainda são sexy e ainda muito desejáveis e acredite que elas precisam/querem ouvir isso desesperadamente.
  6. Elas estão prontas para explorar sexualmente. Estas mulheres estão casadas há anos e o pouco sexo que têm com os seus maridos tornou-se mecânico e "baunilha". Elas estão prontos para apimentar as coisas e são maduras o suficiente para tentar novas experiências sexuais como: BDSM, ménage à trois, dominatrix, etc.
Ok, agora você provavelmente está pensando, "OK, você me convenceu de que os sites de infidelidade são 100x melhores para pegar coroas, mas como eu faço para realmente encontrar uma coroa?" Não se preocupe, siga estas 7 dicas e você vai aumentar drasticamente suas chances de encontrar uma coroa ou MILF em um site de casos.
7 Dicas Para Pegar Coroas Nota: algumas destas dicas são para o uso em sites de traição e algumas são dicas gerais
  1. Mencione a discrição no seu perfil e na sua primeira mensagem. Estas coroas são casados e estão à procura de parceiros casados porque isso garante que ambas as partes serão o mais discreto possível. Assumindo que você não é casado ou comprometido elas vão precisar de segurança de que você é discreto e confiável imediatamente. Considere escrever algo em seu perfil que diz:
"A discreção é muito importante para mim. Eu estou procurando somente parceiras discretas que são mutuamente respeitosas". 2. Mostra que não vai pôr em risco o seu casamento A outra preocupação que as coroas casadas que procuram homens têm é que você homens mais jovens são rápidos para se apaixonar e podem representar uma ameaça ao seu casamento no futuro. Elas não querem estar em uma posição onde você está exigindo que elas se divorciem de seu marido para que ambos possam estar juntos. Elas estão em sites de traição porque elas NÃO querem se divorciar. Assim o que eu recomendo é pôr algo assim no seu perfil e/ou primeira mensagem:
"Não olhando para mudar seu status ou meu, apenas olhando para ver se eu posso encontrar uma boa conexão com limites claramente definidos". 3. Você está disponível! Uma das coisas mais difíceis de se ter um caso é a disponibilidade. Se ambas as partes estão em relacionamentos é muito, muito difícil encontrar um momento em que AMBOS podem fugir de seus cônjuges sem levantar suspeitas. Mesmo quando você concorda sobre um tempo e um lugar, algo pode surgir e um de vocês pode não ser capaz de ir. A boa notícia é que você pode trabalhar em torno de sua programação. Este é um grande bônus então deixe que ela saiba disso! Ela pode nem mesmo perceber o quanto problema programação é se esta é a sua primeira vez traindo. Diga que já que você é solteiro você pode encontrá-la sempre e onde é melhor para ela.
  1. Mostre a ela que você respeita limites. Na verdade, diga a ela que você está ansioso para ouvi-los. Novamente, coroas casadas precisam de discrição e a melhor maneira de ser discreto é estabelecer limites. Pergunte a ela se há alguma regra de discrição que ela precise que você siga. Muitas vezes, são coisas como "não me escreva entre 18h e 23h", "use palavras em código para que se alguém ver as mensagens parecerão inocentes" etc. Tudo isso permite que ela saiba que você está falando sério sobre sua discrição.
  2. Elogie ela! As coroas estão em sites de infidelidade porque seus maridos não as tratam mais como mulheres atraentes e desejáveis. Se elas têm filhos, mesmo que sejam MILFs, é provável que seus maridos as vejam como mães mais do que amantes agora. Elas estão desesperadas por validação que ainda são sensuais e desejáveis e, vindo de um homem mais jovem, isso significa ainda mais!
  3. Acho que você é jovem demais para mim / não é jovem demais para mim? Espere que essa pergunta surja muito. Não se preocupe - este é um bom sinal! Se ela está dizendo / perguntando isso é porque ela está lhe dando a oportunidade de refutar. Se ela realmente se sentisse assim, não responderia a você. Mas agora você está em uma posição crítica; como você responde a isso determinará se você consegue um encontro / relacionamento. Lembre-se de que ela não está falando sério, está testando você. Prepare uma resposta bem pensada a isso com antecedência. Eu acho que este é um bom começo:
“Você realmente se sente assim ;)?” Esta é uma maneira divertida de ir direto ao ponto" "Eu realmente não vejo as coisas dessa maneira. Estou procurando por características como maturidade, confiança, discrição e abertura. Mulheres mais maduras têm mais desses traços e você é incrivelmente sexy." 7. Elas vão pensar que você é imaturo. Imediatamente elas assumirão que você é jovem, excitado e imaturo. Você precisa refutar isso imediatamente. Inicie suas mensagens o mais maduro e profissional possível. Releia suas mensagens e verifique se a ortografia e gramática são 100%. À medida que a conversa continua, você pode se tornar cada vez mais brincalhão, mas a primeira impressão dela precisa ser que você é maduro e inteligente, e não um garoto idiota.
Então aí está, minha opinião extensa e bem pesquisada sobre: Por que sites de coroa não funcionam Onde você pode encontrar coroas REAIS Como você pode maximizar suas chances de entrar em um relacionamento causal com uma coroa Se você leu este artigo e realmente implementar essas dicas, estará dez passos à frente da concorrência e estará no caminho de namorar coroas, MILFs e mulheres maduras.
Ah, e antes que eu esqueça, a pergunta "MILFs e coroas são a mesma coisa?"
A resposta é não. MILF: MILF significa ‘Mãe que eu gostaria de comer’ em inglês. São mulheres com filhos que você acha sexy, só isso.
Coroas (ou cougars em inglês): as coroas são mais velhas, atraentes, mulheres que estão "rondando" explicitamente por homens mais jovens!
O Brasil é um país de trair coroas casadas! Uma em cada dez mulheres casadas encontrou alguém mais de 10 anos mais novo! 8% das mulheres têm encontros casuais com homens muito mais jovens. A maior diferença de idade média entre coroas casadas e amantes é de cinco a dez anos 57% dos homens tiveram um caso com uma coroa casada O estudo constatou que oito por cento das mulheres casadas tiveram um caso com um homem mais jovem Mulheres maduras também são muito atraentes para homens casados. 61% dos homens casados ​​no Brasil têm um caso extraconjugal com uma mulher mais velha. 25% dos homens casados ​​namoraram uma mulher entre cinco e dez anos mais velha. O apetite sexual das mulheres aumenta com a idade, enquanto os homens tendem a atingir o pico em seus vinte e poucos anos. Isso poderia explicar a tendência crescente de coroas casadas em busca de homens. Casados ​​com homens podem ver um declínio escasso no desejo sexual e coroas casadas, eles estão ficando cada vez mais frustrados. Eles agora optam por conhecer um cara que é mais jovem, simplesmente porque sua libido é mais semelhante.
submitted by fobygrassman to coroas [link] [comments]


2020.07.16 04:17 willtospeakless Blues sozinho

Hoje já faz 4 meses e eu continuo aqui ouvindo esse blues sozinho.
Na verdade faz mais tempo. A questão dos 4 meses é pra dizer que de lá pra cá as coisas só pioraram. Os 30 estão quase chegando e eu nunca encontrei ninguém especial pra dividir momentos comigo, tem pouco mais de 2 anos que me descobri bissexual. Achei que isso iria facilitar, afinal se eu tenho mais opções as chances também aumentam. Mas isso me causou tantos mais problemas que meu terapeuta esta ai que não me deixa mentir. Eu ainda não sei se me aceito bissexual. Na minha última sessão, antes do carnaval, meu terapeuta me fez uma pergunta que esta ecoando até o momento: "Você tem vergonha de ser bissexual e ficar com rapazes?". Passei minha vida inteira sendo hétero com aquele ~interesse~ e curiosidade em homens, foi-se a hora de eu me apaixonar por um cara que me fez descobrir bi.
De quando eu sai do armário peguei uns caras também, mas eu ainda depois de tudo isso continuo ouvindo esse blues sozinho.
Ano passado eu fiz uma viagem incrível, conheci duas pessoas que eu queria muito que ficassem na minha vida. Ela foi a pessoa mais divertida que eu conheci nos últimos anos, dava pra sentir a inocência dela emanando de uma forma amável sem contar que todos os momentos que dividi com ela foram incríveis, mas eu fui embora, voltei pro Brasil e ela ficou la. Só de lembrá-la eu abro um sorriso e o coração fica quentinho. No meu último dia lá ela me deixou um bilhete de despedida, porque não ia conseguir me ver. Eu guardo esse bilhete na minha carteira até hoje. As vezes eu leio pra tentar resgatar um pouco daquele sentimento.
Mas eu vim pra casa e agora estou ouvindo esse blues sozinho.
A outra pessoa que eu conheci foi um cara. Eu até hoje não consigo explicar o que houve. Eu nunca construí uma conexão tão rápida com alguém, ele simplesmente chegou no meu quarto no hostel um dia depois de eu ter chego e começamos a sair juntos a partir daí, coisa de 15 dias seguidos. O engraçado é que ele era um cara mega atraente, pegada top model, porém senti ZERO atração por ele. Eu disse que era bi, ele falou: ta e daí?. Nessa viagem eu passei por uma das situações mais difíceis da minha vida, enquanto eu estava lá viajando e curtindo meu pai estava sendo operado. Eu já sabia que isso acontecer. Eu viajei para outro país a 9000km de distância ciente disso. Mas houve uma complicação e o procedimento no qual ele se submeteu não foi bem sucedido, apesar de ele ter sobrevivido. Eu recebi essa notícia eram 2AM do meu fuso. Esse cara acordou e ficou do meu lado sem falar uma palavra. Foi o gesto mais legal que fizeram por mim nos últimos, sei la, 10 anos. No mesmo dia, quando voltávamos de um passeio, ele pediu pro motorista da van deixar eu conectar meu bluetooth e tocar as minhas músicas para me animar. Cara... ele foi um amigo. Eu tenho uma conexão forte com música. Isso melhorou minha vida de uma forma que não consigo expressar. Mas o tempo passou, ele voltou pro país dele e eu estou por aqui.
As vezes falamos por Facetime, é bem divertido. Mas hoje eu estou aqui ouvindo esse blues sozinho.
Parece que a vida gosta de pregar peças comigo. Eu me apaixonei por um cara que eu não posso ter. Ele é uma pessoa que me admira demais, mas somente no âmbito profissional. Enquanto isso eu fico aqui sonhando em um dia pegar esse cara, jogá-lo na parede e beijá-lo como se fosse a última coisa que eu fosse fazer. Enquanto eu passo o tempo pensando nele, aqueles contatinhos foram se organizando e está todo mundo encaminhado. Com um parceiro, morando junto, casando...
Meus 30 estão chegando e eu continuo aqui ouvindo esse blues sozinho tomando meu chá (poderia ser um Whisky pra adicionar mais uma camada de drama nesse post) , tentando não pensar muito no dia de amanhã pq vai ser igual ao de hoje mesmo.
submitted by willtospeakless to desabafos [link] [comments]


2020.07.13 04:42 TaleTemporary1790 dúvida

Nós conhecemos e não demos certo ( isso em 2 meses, entre se conhecer e acabar) ele encontrou alguem e terminou tem só 4 meses. O fatp é que nós reencontramos hoje de novo, depois de quase 3 anos era tudo que eu queria, uma segunda chance, mas percebo que não somos mais apaixonados mas queremos nos dar a chance.. pergunto: como reacendermos o sentimento? tem como se apaixonar de novo.. é só dar tempo ao tempo ou não tem jeito? alguém já passou por isso?
submitted by TaleTemporary1790 to desabafos [link] [comments]


2020.07.03 07:56 rVonyon Sogro kuzao

Vou tentar ser breve no relato, mais tem coisas que eu tenho que explicar senão o resto não faz muito sentido. Namoro com ela a 1 ano e 4 meses, nesse tempo fui na casa dela uma 10 vezes no max, passando sempre menos de meia hora.O motivo = o pai kuzão
Mais quando eu falo kuzão, é kuzão mesmo, o cara sempre me esnobou, das vezes que nos cruzamos o maluco fez questão de me fazer eu me sentir um *****, me humilhar e tripudiar. Além do fato de eu comer a filha dele, o outro motivo pelo qual ele me odeia é aquela clássica diferença de classe, quem assistiu algumas das 30 temporadas de malhação manja como é. Não sou pobrão master, mais meu trabalho não é la essas coisas, e eles são de família rica,gerações e gerações de engenheiros e tal, rios de grana.Como a filha dele foi se apaixonar por mim? Outros 500. O maluco achar que eu to ali por causa do dinheiro já é um motivo escroto,tendo em visto que a filha é linda,até se fosse favelada eu olharia do mesmo jeito,mais [email protected], FAZ MAIS DE UM ANO,custa o maluco levantar bandeira branca e ficar em paz?
Explicada a situação, vamos aos fatos- Minha família foi viajar pra casa de uns parentes,eu trabalho,não pude ir.Quando você namora,e sua namorada não curte seus amigos, inevitavelmente você se afasta dos caras, é o famoso "ou eles ou eu" Sem família,distante dos amigos,não tinha outra alternativa a não ser ficar com ela. Eu odiei a ideia, lógico, mais ela insistiu, disse que não tinha problema e que tudo ia acabar bem, Ô. A mãe dela não é necessariamente uma [email protected] rica,sempre me tratou com educação, a mesma educação que ela tem com os empregados, mais ok. Tem uma irmã também, mais é adolescente rica autista, não esboça emoção, não é gata e não faz diferença, só citei porque ela também estava na mesa.
A TRETA- Vamos pular pra ceia, Já podem imaginar que o sogrão "gente boa" além de não olhar na minha cara, fez questão de mandar indiretas,a fim de humilhar este ****** que vos fala. Começou aquela palhaçada depois da meia-noite, começou o que eu vou chamar de rage-time: Primeiro rage-time: A empregada servindo todo mundo,chegou na minha vez ele INTERROMPEU a mulher,falou pra ela deixar os negocios em cima da mesa lá que eu sabia me servir sozinho, que tava acostumado com self-service. Imagina aí já minha cara de lixo. Minha namorada,que não enfrenta o pai, fez um olhar de tristeza e me serviu, eu pensei em outras coisas, tentei relevar. Segundo rage-time: Meu telefone tocou,minha mãe querendo dar feliz natal,fui atender na inocência,ele deu UM SOCO na mesa, -VOCÊ NÃO SABIA QUE ISSO É FALTA DE EDUCAÇÃO NÃO ? "MALANDRO". Essa minha mãe ouviu,levantei da mesa e fui falar com ela,voltei,ele tinha tirado meu prato da mesa (rs) A essa altura, vocês já imaginam o quão **** eu tava, [email protected] a ceia, [email protected] tudo, nem fome eu tinha mais. Minha namorada empurrou discretamente o prato dela pra mim, disfarçando perguntou quem era, falei baixinho que era minha mãe. Rage-time final:O filho da **** TINHA que fazer piadinha com a minha mãe né caras, Quando ele ouviu fez o comentário, dessa vez direto pra mim: -E a patroa da sua mãe deixa ela ligar pra celular? é muita folga, aqui empregada folgada assim comigo se *. Não dava mais, eu ia me sentir um ** pro resto da vida se eu não quebrasse os dentes daquele maluco ali mesmo Tá bom que ia acabar o namoro, ta bom que eu também podia apanhar,que ia acabar com o natal da família,mais ofender assim alguém que nem ta ali pra se defender, alguém que eu sei que dá um duro do ******* pra viver ser motivo de gracinha pra quele lixo de pessoa. Toquei o *-se,não lembro exatamente as palavras porque tava muito nervoso mesmo,mais foi mais ou menos isso: -ESCUTA AQUI Ô SEU MONTE DE **,VOCÊ QUERER TIRAR COM A MINHA CARA JÁ DURANTE UM ANO É UM BOM MOTIVO PRA EU TE QUEBRAR,AGORA OFENDER A MINHA MÃE SEM MAIS NEM MENOS. Nessa ele me interrompeu simplesmente gritou -FALA BAIXO SEU FAVELADO e jogou o copo em mim,pegou no meu braço. Imagina o caos que tava essa mesa, minha namo tentando me segurar,a esposa puxando ele, a outra louca autista chorando, Eu naquele ódio já tava disposto a matar ele ali mesmo.Ele veio,dando a volta na mesa igual um touro pra me pegar, eu firme encarando ele,enquanto ele vinha eu via a janela da sala de jantar grande de fundo Vi o que parecia ser uma aeronave não tripulada pequena passando rápido, logo atrás uma especie de exoesqueleto metálico armado com uma metralhadora, de repente, um estrondo ensurdecedor seguido de um clarão. Era o início da era das máquinas.
submitted by rVonyon to copypastabr [link] [comments]


2020.06.29 19:29 Lynne_da_C2 A CARENTE DO INSTAGRAM

Olá Luba, editores, gatas, microfone, fantasmas atrás do Luba, FBI, possível convidado, a propósito traga mais o Jean aqui, e todos que estão a ver.
(Sou nordestina quero sotaque aqui na minha mesa viu tia Carminha.)
Bem minha história começa naquela linda plataforma chamada Instagram. Uma guria me mandou mensagem aí eu pensei: "Gata vou conversar, trocar ideia né". Mas como a boa Peixinha que sou esqueci de mandar mensagem, e ela me mandou, okay passou-se uns dias até que eu me lembrei de responder. continuando a guria já começou me chamando de amor, neném, Bb, mô entre outros e eu ignorando e tals. (Ela é de outro estado okay?) Beleza continuando ela pediu meu Whats a gente conversou, consolei ela pq ela tava triste e tals. Depois a fdp veio falando que me amava e etc. (Muita carência pra uma pessoa só, credo) logo pensei: "oshi essa daí é doida nem me conhece, tá de onda com minha cara, uma febi tife dessa, sabe nem meu nome direito. Oushi". Aí mandei real pra ela, disse que não sou de namorar, que não sentia nada por ela, ainda, até pq não a conhecia o suficiente pra dizer que a amo, aí ela começou com os paranauê dela, e a proposito antes de tudo eu tentei ter uma conversa razoavelmente normal com a guria, e ela sempre me cortava, não disse a idade, não disse do que gostava não disse porra nenhuma pra mim, então né. Ela disse que ia tomar remédios e se embebedar, pq tinha sido iludida mais uma vez. (A gota serena se iludiu sozinha né? Pq eu tava ali pra ser uma amiga/ ficante. Não o amor da vida dela, credo.) Eu mandei ela não inventar moda pq querer se matar por alguém que vc acabou de conhecer é muito fogo no cu mesmo. Eu já com o cu na mão de raiva disse tchau, que ela arrumasse um psicólogo que ela tava precisando, e que ficasse bem. 2 horas depois a guria volta dizendo: "bora tentar dnv, vc vai se apaixonar por mim do mesmo jeito que eu tô apaixonada por vc". Pensei: "vai te lasca febi tife" porém como a boa menina educada que sou respondi: "A nega acabou o clima sabe, bora ser colegas tá tudo tranquilo, fica bem aí, tchau". A gota serena só sossegou o priquito quando eu disse: o porra eu não te quero, vc é muito carente e eu não quero namorar eu não quero você e não quero ninguém compreenda a situação. (Talvez tenha sido um pouco grossa, mas deixei claro isso no Instagram, E aqui tbm então né) (Esqueci de mencionar ela queria que eu fugisse de casa pra ir pra cidade dela morar com ela.) Enfim doida né? Então fui babaca por não ter "tentado conversar com ela" e por ter sido grossa? (Nesse caso "conversar" é tipo ficar de papo até que um dia, talvez, eu chegasse a gostar dela.)
My opinião: Nn acho, ela que é muito carente. Or.
Enfim, eu colocaria os prints porém não sei mexer aqui ainda gente, então se eu aprender eu posto aqui pra vcs.
submitted by Lynne_da_C2 to TurmaFeira [link] [comments]


2020.06.25 00:33 eusounathan1 Descobri que tenho um trauma

A um tempo atrás, mais especificamente no finalzinho do ano passado eu conheci uma garota, eu não sei o porquê mas essa garota foi a garota mais incrível que eu ja conheci, para outras pessoas ela não tinha nada de especial, só era mais uma garota normal, nem muito bonita, nem muito feia, nem engraçada e nem muito chata, mas pra mim era diferente, pra mim ela era a garota mais incrível que eu já conheci, quando eu realmente conheci ela eu percebi que era com ela que queria ficar talvez não pro resto da minha vida, mas eu sei que por muito tempo, talvez pro resto mesmo.
Na época eu estava no 1 ano do ensino médio (hoje estou no 2), e eu estava sem celular então não conseguia nenhum contato com ela, nem número, rede social ou nada, aí fiquei na esperança de que esse ano eu ia voltar pra escola ela também e eu irá tentar algo com ela, chegou no início de fevereiro desse ano meu amigo me mandou uma mensagem
[ALERTA DE GATILHO!!!]
Na mensagem ele disse que ela tinha se suicidado, eu fiquei meio que sem acreditar na hora, mas de noite quando eu fui limpar a casa eu comecei a pensar nisso, e comecei a chorar, naquela noite eu chorei como nunca, eu não conseguia acreditar que a única pessoa que eu realmente amei um dia simplesmente morreu, pra mim ela não era só mais uma paixãosinha de adolescente que dura 1 mês e já não quer mais saber, ela era realmente a primeira pessoa que eu realmente amei, e ainda bem que esse ano as aulas pararam porque acho que eu não ia aguentar um ano inteiro indo pra aquele lugar, mas enfim.
Aquilo se tornou meio que um trauma pra mim, eu nunca mais consegui me apaixonar o só sentir atração por outra pessoa, desde que isso aconteceu minha vida começou a ir ladeira abaixo, eu perdi amigos e perdi meu emprego e comecei a engordar.
Eu tenho medo de nunca mais me apaixonar, nunca conhecer alguém, eu tenho muito medo de morrer sozinho, sei que só tenho 16 anos e tenho muito tempo pela frente mas isso realmente me assusta.
Obrigado por ter lido até aqui e desculpa pelo texto longo mas eu precisava por isso pra fora.
submitted by eusounathan1 to desabafos [link] [comments]


2020.06.22 00:26 _B0real1s_ Bauman estava certo, amigos

É difícil ser alguém que se apega quando do dia pra noite as pessoas podem se livrar de alguém que dizem "amar". As coisas acontecem tão rápido, pessoas e sentimentos mudam de um dia pro outro e isso sempre me deu muito medo. Sempre achei esse medo irracional e culpa da minha ansiedade, mas não é paranóia alguma, nada parece ser feito pra durar.
Meio clichê mas sofri uma decepção amorosa desse tipo. Coisa de uma noite estarmos vendo filme, rindo e dizendo que nos amavamos pra no outro dia ver aquela pessoa fria e distante sem motivo aparente e assim já segue fazem 3 semanas. Perdi alguém que fez eu me apaixonar e me sentir amado e assisti sentado sem poder fazer nada, sabendo que dei o meu melhor dia e noite por ela. Quando questionei o motivo, ela me disse "não consigo manter as pessoas por perto por muito tempo". Engraçado é dizer isso depois de falar pra alguém que ama essa pessoa. Sei lá, parece que realmente ninguém mais está disposto a lutar por nada, a atravessar um tempo ruim com alguém pelo simples fato de que é muito fácil substituir pessoas e fingir que nada significou.
Eu achava o Bauman meio pessimista e exagerado, mais um velho que não suportava tecnologia e o modo como as coisas funcionam hoje, mas acho que o velho sou eu tentando acreditar que as pessoas ainda sabem amar de verdade e persistem ao invés de irem embora no primeiro sinal de problema.
Bauman estava certo, amigos, a modernidade líquida é uma realidade onde ou você se adapta ou quebra a cara até não querer mais. Adoraria ser um cuzão, é isso
submitted by _B0real1s_ to desabafos [link] [comments]


2020.06.14 08:26 BiCcarvalho Me ajudem, por favor!!

Eu converso com um menino tem uns 2 meses, nós começamos a nos gostar e ele veio na minha casa ontem, ficou aqui e conheceu minha família etc (com todas as medidas de proteção contra o covid). Ele é incrível, porém tem um jeito MUITO afeminado e com naturalidade, eu o apresentei como amigo e minha família inteira perguntou se ele é gay, antes dele ter vindo aqui eu já havia perguntado e ele negou. Hoje tornei a perguntar já pedindo desculpas por essa insistência e ele voltou a dizer que não, que eu poderia deixar de falar com ele se eu quisesse, mas até o uso das mãos, o modo como ele joga o cabelo, a voz e o jeito de falar são afeminados. Também deixo acrescentado que dormimos juntos e ficamos, não sei se um gay teria coragem de dormir com uma mulher, a menos que seja bi. Enfim pessoal, gostaria de saber pra ajudá-lo, ele tem problemas com a família e passou pela minha cabeça que pode ser por perceberem esse jeito dele e terem preconceito, também pra evitar de me apaixonar por alguém que não gosta do meu gênero kkk. É a primeira vez que estou passando por isso, me ajudem!!! opinões, conselhos e experiências!
submitted by BiCcarvalho to desabafos [link] [comments]


2020.06.11 13:56 tmrk1994 Sozinho, e com fobia de me apaixonar

Oi, só preciso escrever aqui pra não passar mais vergonha do que já passo vivendo entre pessoas que me parecem ter mais sorte que eu, em relacionamentos, aparência, até o lugar que moram.
Estou me sentindo estranho, um amigo meu se apaixonou por uma guria da mesma sala que ele e parece estar dando tudo certo, ok, ótimo, não tenho nada com a guria, não tenho interesse nem nada... Mas eu sinto falta daquela sensação de se apaixonar, e isso tá me dando inveja dele.
Sempre que eu me apaixonava eu tentava falar com a pessoa e as coisas nunca iam da maneira que eu queria, ou eu errava ou era só ignorado. Nunca namorei na minha vida, não faço ideia de como é, e hoje em dia parece que eu tenho fobia de gostar de alguém de novo.
Estou feliz e com inveja ao mesmo tempo, não e mal caráter, só não sei como me sentir bem pelos outros se darem bem em relacionamentos e eu aqui, olhando... De novo.
submitted by tmrk1994 to desabafos [link] [comments]


Como se REAPAIXONAR por alguém? COMO FAZER ALGUÉM SE APAIXONAR POR VOCÊ  Marcos Lacerda ... COMO FAZER UMA PESSOA SE APAIXONAR POR VOCÊ EM 5 MINUTOS I ... Simpatia para a pessoa se apaixonar por você (Fácil e ... FAZER ALGUEM SE APAIXONAR POR VOCÊ - YouTube 3 Pensamentos Que Fazem Alguém se Apaixonar

  1. Como se REAPAIXONAR por alguém?
  2. COMO FAZER ALGUÉM SE APAIXONAR POR VOCÊ Marcos Lacerda ...
  3. COMO FAZER UMA PESSOA SE APAIXONAR POR VOCÊ EM 5 MINUTOS I ...
  4. Simpatia para a pessoa se apaixonar por você (Fácil e ...
  5. FAZER ALGUEM SE APAIXONAR POR VOCÊ - YouTube
  6. 3 Pensamentos Que Fazem Alguém se Apaixonar

Simpatia simples precisa de fé e deve ser seguida como descrito no video! Geralmente, os resultados são rapidamente! Mas o segredo sempre é fazer sem ansieda... Simpatia amorosa pra alguém se apaixonar por você fortemente efetivo. SITE: www.ciganofrancisco.com.br EMAIL: [email protected] Whatsapp: 86 98889-40... This feature is not available right now. Please try again later. Existe alguma forma cientificamente comprovada para fazer alguém se apaixonar, ou até se apaixonar novamente por você? Existe sim! Neste vídeo, o psicólogo M... A PESSOA VAI SE APAIXONAR POR VOCÊ COM ESSA TÉCNICA MILAGROSA. COMO FAZER UMA PESSOA SE APAIXONAR POR VOCÊ EM 5 MINUTOS #corpoespiritual #atrairagora #nomeda... Como Fazer Alguém Se Apaixonar por Você - Duration: 7:32. Alexander Voger 774,764 views. 7:32. 3 Modos Sutis de Atrair o Interesse de Alguém - Duration: 5:07.